terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Eu não pensei que isso aconteceria de novo.

Eu acordei alarmada, eu não sabia a principio onde eu estava, mas acordei em seus braços e quase imediatamente eu quis pedir desculpa porque, eu não pensei que isso aconteceria de novo, eu não pensei que isso aconteceria de novo. Não importa o que eu possa fazer ou falar, eu só não pensei que isso aconteceria de novo, com ou sem minha melhores intenções. O que quer que aconteça com namorados, o tipo de cara que faz amor porque é inerente. Eu quero um namorado, eu quero um namorado. Você levantou da cama e disse que tinha muito trabalho a fazer, mas eu li o resto na sua cabeça e quase imediatamente eu quis pedir desculpa porque, eu não pensei que isso aconteceria de novo, não importa o que eu possa fazer ou dizer, eu só não pensei que isso aconteceria de novo, com ou sem minhas melhores intenções. Eu quero um namorado, eu quero um namorado. E eu posso sentir isso em meus ossos, vou perder mais um ano sozinha. Foder e correr, foder e correr, até quando eu tinha 17 anos. Foder e correr, foder e correr, até quando eu tinha 12. Você pelo menos se sentiu melhor, você disse que eu devia te ligar, mas eu sou muito melhor do que isso e quase imediatamente eu quis pedir desculpas porque, eu não pensei que isso aconteceria de novo, não importa o que eu possa dizer ou fazer, eu não pensei que isso aconteceria de novo. E eu posso sentir isso nos meus ossos, eu vou perder minha vida inteira sozinha. Foder e correr, foder e correr, mesmo quando eu tinha 17 anos. Foder e correr, foder e correr, mesmo quando eu tinha 12. Um pouco Liz Phair, um pouco Fernanda.

2 comentários:

matheuss disse...

sabe, acho que sei como é isso.
bom, o texto.

ARCANO disse...

É, eu também. Sei do que voce esta falando.