quinta-feira, 17 de março de 2011

Eu sei, eu sei, eu sei.

Eu que se às vezes a gente tem que ser corajoso pra burro mesmo sendo alguém tão pequeno e carente de cuidados.
Sei que alguns sorrisos sempre estarão lá, mesmo que em outros rostos, pra fazer a gente sorrir junto, com lágrimas de saudade e gritos lembrados de uma noite de Imagem & Ação.
Eu sei que menininhos de 6 pra 7 anos podem ser a melhor companhia pra dias de sol e pouco calor em parques de grama verdinha.
Eu sei que eu sinto falta daquele magricelo alto e tão doce mais tão doce que afirmava ser amargo que era pra ver se alguém acreditava. E eu soube que ele imitava o Gato Felix.
Enquanto eu cantava pra ele "Always look at the bright side" num erro de puro charme. Eu sei que eu sinto a falta de um amigo que veio ao mundo pra ser mesmo meu amigo.
As coisas estão bem por aqui, estão bonitas. Hoje eu conversei e até ri, me ofereceram ajuda e até riram para mim, hoje eu me senti em casa pela primeira vez em meses. Eu não estou em casa.
Hoje eu sei que tem uma menininha de sorriso de arto-íris lá longe que pensa em mim com saudade e carinho. Eu penso nela também, eu amo ela também. Eu vou ficar com ela pra sempre, também.
Eu sei que às vezes despejar todos esses sentimentos aproxima vocês de mim, eu sei.
Eu sei que sentirei falta da ruivinha que era minha comadre na loja, que eu xingava por puro bem querer, que eu xingava que era pra ter ela mais perto, me contando tudo, pedindo conselho disfarçado e rindo. Eu gosto quando ela sorri.
Eu sei que eu gosto de abraço, de carinho e de amor, eu sei que eu consigo isso de muito mais gente do que o normal. Eu sei que minha vida é totalmente ótima e eu sei que ela só vai melhorar.
Eu sei.

4 comentários:

Bianca Pisetta disse...

Sempre melhora, Ferdi.
:***

Seu Rafael disse...

:)

Fernanda Freitas disse...

Sorte a sua saber. Eu, por vezes, muitas vezes duvido que se possa melhorar...

FRASES QUE CURAM disse...

Olá, estou seguindo o teu Blog, lindo ele. Visite o meu quando puder. Abraços,
JUAHREZ ALVES