segunda-feira, 19 de julho de 2010

Blowing Dandelions.

Há quem me pergunte:
- Qual a graça de assoprar um dente-de-leão?
Eu costumo responder que se você assopra um dente-de-leão no momento certo, no lugar certo e na hora certa, desse, nascem mais mil.
Depois disso há ainda quem indague:
- E qual é a graça de multiplicar dentes-de-leão?
Pra essas pessoas eu faço algumas perguntas, do tipo:
- Você já esteve em um campo de dentes-de-leão? Já sentiu sua perna sendo acariciada por nuvens (porque, sim, errado está quem pensa que nuvens são feitas de algodão, quem pensou isso esqueceu que até o algodão machuca e as nuvens não)? Já se deitou e viu pequenos flocos de neve se levantarem da terra e ao caírem de leve, notou que não era frio que sentia, e sim o carinho, daquelas plantinhas macias no seu rosto relaxado? Você já esteve no céu?
Bem, está aí a graça de assoprar dentes-de-leão.
Agora quando você ver um, observe a direção do vento e se há terra por perto, se tudo estiver ok, assopre.
Quem sabe um dia você também não visita o céu.

15 comentários:

Felipe Carriço disse...

A graça de soprar um hoje é talvez poder soprar mil amanhã.

PeDrO Lol? disse...

Caraca, profundo...

Vanessa disse...

adorei... muito lindo...

Andarilho disse...

Puxa vida, nunca estive num céu na terra assim.

apolo disse...

meu
PERFEITA

ha o texto tb foi ótimo
bjus

let it be disse...

*-*

Erica Vittorazzi disse...

Vou fazer isto, juro!!


Lindo texto!!

Gerundino disse...

a graça é imaginar os milhões de paraquedistas prontos para aterrisar sobre Berlim, tomando a cidade para os aliad....

...

viajei né?

Lucas disse...

Dentes de leão...
são incríveis não é mesmo?!
Gostaria de poder soprar um agora.

Lívia Inácio disse...

Adorei suas insanidades! =)

hahaha

Contos Glacê disse...

tem coisas que não interessa saber o porquê - deitar na grama e soprar dentes-de-leão é tão bom! saudade de casa...

beijo!

Mariza disse...

Gostei!

:-)

Rafael disse...

Isso lembra minha infância, quando viajava pra Itatiaia com meus pais, sempre brincava de asoprar dentes-de-leão - aliás, nessa época não sabia que tinham esse nome, hehe.

sarah disse...

Fazia tempo que não dava uma passada no seu canto, e me arrependo muito. Esse está tão fofo quanto vc Ferdi.

Paulo disse...

Sempre assopro os dentes-de-leão que encontro por aí. Falando nisso, faz tempo que não assopro um :/