quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

For the record.

- Você não quer fazer um café pra mim?
- Faço sim.
- For the record..
- Depois disso eu preciso trabalhar.
- Ok.
Pra que conste você e você, você não 'tá sozinho.
Sabe "My name is Earl" e a lista de coisas erradas que ele fez?
Eu deveria ter um lista de "pessoas que magoei", mesmo quando não fiz coisas erradas, mesmo quando estava só tentando fazer o certo.
E o que mais dói é saber que eu viro uma cicatriz pra essas pessoas, cicatriz que por vezes dói e nessas vezes elas me procuram e procuram saber o que se passa.
E nesse momento se passa o seguinte: Eu lembro de cada pessoa que eu já magoei na vida.
Tinha essa garota na escolhinha, eu tinha 3 anos e ela também. Ela era gorda e eu era gordinha.
Um dia nós tínhamos que nos pesar, acho que eu pesava 18kg e ela 23kg.
Como todo mundo pesava menos de 20kg ela foi motivo de zilhões de risadas. Eu apontei e a ridicularizei, porque na verdade eu estava aliviada por não ser a mais gorda de todas. Ela me disse que era porque ela estava de blusão e eu disse que o blusão era leve, ela ficou com aquela cara de quem está segurando choro e disse que não tinha problema porque ela ia emagrecer um dia, mesmo.
Eu ainda me sinto mal.
E também por você, todos vocês que, de uma forma ou outra eu machuquei, decepcionei, fiz chorar. Vocês criam expectativas que eu não estou apta a corresponder e por mais que eu avise vocês insistem em continuar.
Acho que, como diria Dwight, minhas bochechas sobressalentes inspiram confiança e algo a mais.
Eu faço tudo que eu posso para ser a melhor amiga e geralmente eu consigo, mas quando eu falhar não considere pessoal, eu sou humana e erro. O tempo todo.
Então desculpa, todos vocês que eu machuquei (principalmente as pessoas que sofreram e/ou sofrem por amor, sinceramente) eu nunca, nunca tive a intenção.
Mas agora só sigamos as nossas vidas, digo, eu adoraria manter nossa amizade, se for possível, se não confundir mais, se não doer.
Sinceramente,
A Direção.

3 comentários:

Anny disse...

A solidão talvez te fez pensar nas pessoas que machucou ou talvez você esteja do lado de pessoas que te fazem tão bem que conseguiu ver as maldades cotidianas e não só as suas mais das pessoas em geral!.texto maravilhoso parabéns!

Gallos disse...

Sim,errar eh humano,mas ainda bem q existe compreensao e amor pra recomeçar.Penso q deveriam existir mais pessoas como vc.
Adorei seu texto,estou viciado no seu diario-blog e tbm consequentemente em vc.

Anônimo disse...

Hey, I am checking this blog using the phone and this appears to be kind of odd. Thought you'd wish to know. This is a great write-up nevertheless, did not mess that up.

- David