quinta-feira, 11 de março de 2010

Palavriando.

Nostalgia, saudade, amor, carinho, dor, tristeza, amigo.
São só palavras, mas cada uma delas tem uma força tão grande se não distorcidas em um contexto irônico.
Cada uma dessas palavras por si, podem dizer tanta coisa, comunicar o que a alma quer tanto, mas tanto dizer que encontrou esse meio.
Não bastavam os olhares e gestos, era preciso uma garantia maior: Então vieram as palavras.
E temos que cuidar das nossas palavras.
Uma vez que falamos, mesmo que se retire o que disse, já terá sido dito de qualquer forma.
Então cuidem das suas palavras.
E da sua nostalgia.
Das suas saudades.
Dos seus amores.
Do seu carinho.
E cuide até da sua dor.
Acalme sua tristeza num abraço de amigo.
E não esqueça, por favor, não esqueça de cuidar dele, porque sem um amigo (que além de amigo pode ser todas as outras coisas do mundo) nenhuma dessas palavras existem ou fazem sentido algum.

5 comentários:

- maria elis disse...

tem amigo/a que é sempre mais que só amigo/a (:

beijas fê :*

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

quem tem um amigo nunca está sozinho, quem falou isso ou escreveu tinha razão!

Abraços!

Ah, eu adoro seus videos!

Maldito disse...

Eu precisava de um conselho assim,..rsrs
Inté!

B. disse...

Muito boa reflexão :D

Thais disse...

é como se o peso das palavras, carregassem um peso antes delas.
é simples e bem refletido. Gosto dos seus 'palavreamentos'. Abç's