terça-feira, 9 de março de 2010

You're not here. Not anymore.

Lágrimas incessantes todas as madrugadas. Há quem a culpe por esse tipo de coisa. Então, numa última tentativa, passei a ir dormir mais cedo pra evitar qualquer sentimentalismo noturno. Então as mágoas começaram a vir pela manhã, bem cedinho, quando os pássaros ainda tentam cumprir sua função de nos acordar. Cantos e mais cantos embalando meu choro acanhado. Todos aqueles pequenos bicos se agitando enquanto a voz gravada e doce de Regina Spektor ecoa pelo quarto embalando meus mais difusos sentimentos. Eu comecei a dormir cedo pra evitar a melancolia e acontece que agora tudo ficou um pouco pior. É que de madrugada você sabe que tem mais tantas pessoas com os olhos assim, tristes assim, baixos assim, o coração apertado, o mesmo nó na garganta que você e, de alguma forma egoísta, isso te conforta sem que você saiba. E eu, aqui de manhã, sozinha em minha infinita angústia, preferia voltar a ir dormir e chorar nas madrugadas frias. Mas não o farei. Continuarei com as frias manhãs. Porque podemos nos adaptar a tudo. Até à solidão nos momentos mais solitários.

9 comentários:

Erica Vittorazzi disse...

Sim, podemos nos adaptar a tudo, mas não faça isto Ferdi. Antes de chorar, coloque uma música bem rock, bem dançante, faça careta, coma chocolate, mas não se adapte a solidão, please...

eu li que vc escreveu sobre o meu blog, que eu te faço bem, Obrigada Ferdi de coração, fiquei feliz :)

beijo

- maria elis disse...

bom é saber que o dia está só começando e que a manhã fria pode se transformar em uma tarde/noite quente (:

beijas fe :*

Lua disse...

A solidão está sempre à espreita no meu quarto, a qualquer momento o meus olhos podem ser estes baixos como os teus, e o meu choro me sufoca sempre que eu não o choro. Então eu morro sufocada, porque chorar não faz o meu estilo.


Adorei o seu texto, soou puro.
Beijos

Tiburciana disse...

Não consigo me adaptar a solidão Ferdi
bjos

Lucão disse...

Até me dou bem com a solidão...
Gosto! Mas não compete pau-a-pau com o meu gosto de ficar com alguém.
Nem a pau.
Mas, solidão é bom tb.
rs

beijos. gostei do seu blog. ainda vou assistir os seus videos e volto a comentar.
;)

jefhcardoso disse...

Sei que cheguei atrasado, mas não quero deixar de dar o meu recado (sorrio):

Mulher,
Mistério mais sedutor jamais imaginado,
Obra prima do criador

O capricho da natureza
Leveza e beleza
O lado bom do homem

Fascínio, força e coragem;
E se não houvesse a mulher...
Melhor que não houvesse mais nada.

Parabéns pela condição de ser, pois 365 dias seria pouco!

Luh* disse...

Podemos nos adaptar a tudo, e que bom isso né!
beijos

Glauco Guimarães disse...

Tá lá Ferdi! O post que deletei e fez vc ficar zangada! ;)
http://historiasemquadros.blogspot.com/2010/03/alice.html

bjs

Solange Maia disse...

quando a gente verte, pode ser a noitinha, ou pode ser de manhãzinha..., vai fluindo, vai acontecendo, e... vai passando...

e a gente até sorri depois.

beijos no coração