segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Nesse exato marasmo.

Esse segundo é o melhor da vida de alguém. O momento que ela sempre esperou, nesse segundo alguém beija a boca do seu amado pela primeira vez e pensa na tolice que era imaginar que isso fosse impossível. Nesse momento uma senhora idosa conta histórias pro seu netinho em uma cadeira de balanço, ao mesmo tempo que um bolo assa no forno e a chaleira chia de alegria por tornar tudo quentinho. Justo agora um bando de adolescentes devem estar sorrindo por algum parque e desejando ter aqueles amigos pra sempre. Talvez eles estejam na praia ou na casa de campo do pai de algum deles.. Alguém está ganhando um anel de brilhantes que muito mais que um anel de brilhantes, significa a alegria de ter alguém que pensa que ela merece-o. Alguém volta pra casa de algum espetáculo muito bem sucedido e aplaudido, com um sorriso no rosto enorme, depois de ter ido comemorar com os amigos mais próximos. Alguma garotinha de longos cabelos castanhos presos num rabo de cavalo e olhos profundamente azuis solta bolhas de sabão num jardim bem iluminado e de temperatura agradável, enquanto sua mãe, sentada no banco do jardim, lê um romance do Gabriel García Márquez e suspira. Alguém está tirando a melhor foto de sua vida justo agora. Aquela que ele sempre se orgulhará e mostrará a todos. Alguns escritores, nesse momento, escrevem o último ponto final do livro de vai revolucionar pelo menos uma vida. Alguém sente e vê a vida de outra forma depois de terminar um desses livros nesse exato momento. Alguém recebe o resultado de uma prova que foi muito bem, depois de horas de estudo. Talvez uma menina de olhos bem verdes e dentes bem brancos, talvez um garoto de camisa xadrez, talvez uma senhora de coque e óclinhos.. Alguém de dieta sonha que come muito doces maravilhoso. Alguém ganha sua primeira partida de xadrez nesse momento. Alguém vê, despretenciosamente o resultado da mega-sena e, depois do pequeno atordoamento, percebe que ganhou. Esse alguém está provavelmente de chinelos e muito despenteado, quando recebe a notícia, esse alguém pode ter uns quilos a eliminar e ter acordado mal-humorado. Nesse segundo algum gênio inventivo inventa aquilo que a humanidade sempre quis mas até o exato momento ninguém sabia direito o que era.. Quem sabe um colchão que acomode seios e curvas, que acomode o braço que sobra no abraço na cama? Há uma menina escrevendo no seu blog, com a alegria que só um coração sabor geléia de morango e cheio de bons amigos pode ter. Uma ermã dá a mão pro seu ermão enquanto o guia pra escola, nesse exato momento. Tem alguém acordando de sorriso no rosto e notando que, não era sonho, ele de fato dormiu abraçando-a. Outra pessoa recebe uma mensagem linda, que a deixará de sorriso no rosto sempre que toda vez que lembrar. Alguém, de algum pais quente, mergulha numa cachoeira gelada e gostosa nesse exato momento. Nesse minuto alguém ouve uma "prece" de amor ao pé do ouvido. Alguém perdoa e faz as pazes. Alguém vai dormir, vestido com seu pijama e edredon mais velhos, porém mais confortáveis, sente aquele relaxamento que só sentimos indo dormir, depois de tomar um bom banho quente, esse alguém sente seu próprio perfume e oscila entre o quase acordado e quase dormido, o reino do sonhar. E você, o que está fazendo de grandioso agora? Dê a cada instante a oportunidade de ser o melhor da sua vida.

3 comentários:

Erica Vittorazzi disse...

Neste instante eu estava te lendo, imaginando cada instante do escrito... e sonhei por um momento.

Melina disse...

Eu amo quando vc escreve com essa esperança "sabor geléia de morango" que só vc pode ter!

Ferdi disse...

Que bom que consegui te fazer ir praquele lugar tão gostoso que é o mundo do sonho, que bom mesmo, Erica.
Obrigada por aparece..

Eu amo quando você ama meus escritos! :)

115 beijos pra cada