terça-feira, 13 de outubro de 2009

Viver é lindo e macio.

Você já sentiu vertigem de alegria? Você tem o costume de mandar beijo pro relógio e fazer um pedido ou pensar em alguém quando vê horário que - no meu caso - você gosta? E aí você estava lá, fazendo isso e seu labirinto faz 360º de pura euforia? Então você come bala de gelatina de morango com açúcar e pensa no quanto é bom estar só respirando? Como é bom estar só respirando. Receber a notícia de uma surpresa. Falar com uma ex-amante sem mágoa nem sentimentos. Conversar sobre o que é amizade e no que você falhou com verdadeiros amigos. Não saber se você está apaixonada por picles, vinas ou tunas, já que picles, vinas e tunas são incríveis o suficiente pra você poder estar apaixonada. Como é bom ver que nada falta agora. Assistir uma das suas séries favoritas com uma das suas pessoas favoritas e rir seu sorriso mais gostoso. Como é bom a balança mostrar seu progresso. Ter amigos que dizem que poderiam passar o resto da vida amando você. Trabalhar com o que se ama. Como é genial soltar bolhar de sabão e planejar qual surpresa preparar pro seu irmão menor, que costuma ser o ser mais incrível da Terra, quando buscá-lo na escola. Como é maravilhoso ver que sua mãe tem bons amigos, bom emprego, boa mente. Como é genial ler um livro e se debulhar em choro quando a "mãezinha", "a irmã" e "a noiva" de todos eles se deixa ser levada pela febre. ´ Como é incrível poder vir aqui e escrever todas essas coisas com a maior sinceridade do mundo, só porque você poderia dançar até os membros todos se soltarem do corpo, porque você é.. feliz! Plena e aprendiz. E pensar que eu já estive baixo o bastante pra ser chamada de pretensa suicida.

3 comentários:

Melina disse...

Isso sim é um texto que descreve vc...vc sabe a que me refiro....te inhame!

Ferdi disse...

Maíra comentando como Melina me faz rir, q :D

Melina disse...

Imbecillllll *Maíra enrolando a lingua para dizer imbecil*