quarta-feira, 11 de março de 2009

Mãe, não consigo andar.

Eu nunca mais vou achar que estou sofrendo depois do dia e noite que passei hoje. Não que não vá sofrer, claro..

- Levanta daí que está na hora de ir pro teatro.

- Mãe, não consigo andar.

A dor que consome meu corpo é a maior que já senti em toda a minha vida (e, sabe, já fui operada algumas vezes, quebrei alguns ossos e fiz ballet, então..) e sou ante dela completamente impotente.

Gritos não deixam nada melhor, chorar só adiciona dor de cabeça ao resto do sofrimento.

Minha tia me ligou algumas vezes durante o dia, bem preocupada, passou a noite do meu lado e presenciou meus gritos involuntários de dor, que me acordaram durante a noite.

Minha mãe, quando acordou gritou comigo, gritou que não ia mais me pagar *insira palavrões* de teatro ou academia nenhum, já que era pra eu faltar e quando chegou em casa brigou porque eu não arrumei a casa.

Eu não conseguia usar as pernas pra nada, rastejei pela casa porque ela estava atrasada e não podia deixar água ou algo de comer ao meu alcance, acontece.

Agora meu cotovelos estão em carne viva, mas Fernanda, não é porque você é atriz (vou ser, mãe!) que tudo na sua vida tem que ser um drama, pára de frescura (sim, adoro depender de quem quer que seja. Enfim..) e ande.

Ela, a minha mãe, não é má pessoa, mas às vezes esquece que tem filhos e que às vezes, mesmo depois de crescidos, os filhos precisam de suas mães.

6 comentários:

Luis disse...

AHHH VOCÊ ESCREVE MUITO BEM
<3

Ferdi disse...

Mesmo com as botas pesadas fico cem dólares ao ler isso, obrigada. :*

Rodox Barone disse...

Eu tenho la meus 22 verões e acho ainda que preciso muito da minha mãe. O ruim de ser ator ou atriz é isto ninguem leva a gente à sério. Não mesmo! Mas da proxima vez não rasteje solicite uma cadeira de rodas!

http://www.proibidoler.com/

Ferdi disse...

Acho que todo mundo precisa, quem tem só pai, por exemplo, nunca tem SÓ pai, ou o pai faz o papel dos dois ou há uma avó e coisas assim, enquanto que pai já é mais dispensável, em alguns casos, mas enfim..

Pois é, você PERDE O MOVIMENTO DAS PERNAS e nem SUA PRÓPRIA MÃE te ajuda, deprimente.
Mas pelo menos serei feliz no trabalho, o que é excelente já que segundo o orkut temos que encontrar a alegra no trabalho ou senão talvez nunca saibamos o que é felicidade, q

Teria solicitado se tivessem me dado credibilidade e não estivessem atrasados demais até pra me fornecer ÁGUA, ok, desabafei. hê!

:**

Rodox Barone disse...

Hhuahuah legal sua resposta aki! Credibilidade é a alma do negocio também! Então eu faço teatro amador de Clowns aliás faz um tempo q dei um tempo dessa vida corrida mas sou um ator diaramente, no trabalho, com os amigos, na sociedade enfim muitos lugares.... Realmente quanto aos comentários é deles que nossos blogs sobrevivem se não fosse isso seria como chupar bala com papel... Volte sempre lá que eu voltarei sempre por aki também!!!!

Ferdi disse...

Eu amo Clowns do fundo do meu coração gelado! Sério!
Enfim..

Não sei ser atriz na vida real, daí resolvi ir pros palcos, acho que todo mundo PRECISA se sentir um pouco ator, né.

Então nos veremos. :*