segunda-feira, 25 de maio de 2009

Eu gosto tanto de você..

Eu estava sinceramente apagada fazendo caretas pra mim mesma no retrovisor do caminho de volta pra casa.

Ainda tinha todas as risadas da manhã com o maxilar dolorido de prazer, guardava o vestido, o acaso e não prestava atenção nas canções ou ruídos.

Até a que eu dedico a você começar "Eu gosto tanto de você, que até prefiro esconder, deixa assim ficar, subentendido.."

Pensei em ter culhões pra declarar essa canção tão boba, que podia te dizer tão nada, mas preferi me esconder de novo, atrás de um texto que você provavelmente nem chegará a ler (infelizmente você não frequenta esse meu lugar como frequentava antes) e se ler, tampouco terá certeza que é de você que estou falando..

Mas ainda assim espero que você leia e que um pássaro roxo sopre no seu ouvido "É você.." e você volte a me tratar melhor e com o carinho que me tratou aquele dia, aquele dia..

Tão memorável pra mim, tão absolutamente banal pra você, provavelmente esqueceu dele, do que disse e do sorriso, mas não tem nada não.. Garotos são assim mesmo, sempre esquecendo o que disseram, fizeram ou suscitaram.. garotos..

Mas sabe, idiota que seja, eu acho que um dia a gente se acerta, de verdade, porque não sou só eu que acho que o casal nós dois seria agradável e feliz. Além de mim outras pessoas e você, aposto, aposto nada, minha insegurança jamais me deixaria apostar que meu sentimento é reciproco mas, olha que irônico, minha razão me diz que sim.

Minha razão fala pra eu ficar tranquila, que dia ou outro a gente se esbarra novamente, você diz aquilo de novo e a gente se acerta. Dia ou outro..

3 comentários:

juliana disse...

tenho uma certa impressão que você é daquelas que dá o melhor de si para o amor.
você acha que vale a pena largar tudo?deixar até mesmo as nossas vontades, e orgulhos de lado?

Estela disse...

Ah, Ferdi, dei uma sumida dos comentários né? Um milhão e meio de desculpas, sumi de todos os blogs, principalmente o meu, voltei só agora.
Continuo lendo todos os seus textos e amando todos. :*

Ferdi disse...

Ju, eu já fui dessas pessoas, já fui mesmo, com todas as forças.
Daí alguém veio e me fez acreditar que eu jamais ia conseguir me apaixonar de novo, do tanto que me machucou.
Então eu tenho medo, mas aos poucos, aos poucos eu continuo com medo e acho que vou morrer sozinha.
Escrevo textos otimistas pra fingir que sou assim, mas é tudo mentira. :(

AI QUE LINDA! Como precisasse pedir desculpa, né?
Eu notei que você sumiu do seu e lamentei, mas já que voltou.. EBA! :D

E obrigada, linda.

38 beijos pra cada uma.