quarta-feira, 20 de maio de 2009

Graças a carente infeliz!

Eu não sei pra quê fazer as pazes com gente imbecil se a gente sabe que a pessoa é imbecil. Não sei porquê aquele lenga lenga todo. Não sei porquê me implorar mais uma chance, vir em casa e fazer toda uma cena se o erro persiste. Eu prefiro perder a dividir com alguém como esse alguém é. Eu prefiro morrer sozinha do que isso. Vou mesmo, de qualque forma, morrer sozinha que eu sei. Todos vocês, amados amigos, mais cedo ou mais tarde não mais terão carinho por mim ou farão algo que me faça perder o que tenho por vocês. Todos vocês, um a um, até eu morrer. E eu tenho certeza, meus caros, que se me restar a piedade de meu irmão a esmola será muita. Eu nasci no tempo-espaço errado. Meus sentimentos e pensamentos não condizem com o esperado e não é perturbação mental, é diferença. Eu sou diferente e vou, por isso, morrer sozinha, meus caros. Não exauto a diferença, relato. Na verdade eu renuncio nesse momento. Casem-se, sejam felizes, todos vocês. Tenham filhos e cuidem deles pra que eles sejam absolutamente normais. E depois morram também, morram devagar e infelizes. Um dia eu desejarei isso de qualquer forma, amados meus, então que seja agora, antes que vocês sejam mais rápidos. E não sintam pena de mim, dó, nem nada parecido, não se acovardem. Pra mim pouco importa. Fodam-se, morram, do fundo do meu coração! Não preciso de ninguém pra existir, nunca precisei. Ouvi que ela queria ser eu, alguém acha. Não sei se concordo, sei que abomino e me pergunto: Por que tem sempre alguém querendo ser eu? Saibam que é sim uma experiência maravilhosa, todos deveriam experimentar um dia. Óh sim! Mas por quê? Criem suas existências medíocres e parem de perseguir a minha, malditas crianças de mãe odiosa. Morram com vossos pais, MORRAM!

3 comentários:

Jenny disse...

Nem eu sei se concordo com o que disse.
Mas ao menos ela te surte um efeito horrível. Nossa.

Não gosto dessa Ferdi....já que ela não gosta de ninguem mesmo. :)

Volte logo minha Ferdi Ferdin.

Beijos.

Katrina disse...

Parece um manifesto contra todos. Mas é forte, digno de alguém forte.

Ferdi disse...

Jenny,
Bem é sabido por você que minhas profecias não se mostram absurdas ou incoerentes.
Gostando ou não, minha amada (e adicione aqui sinceridade).

Quanto ao forte, Katrina, eu não sei se soa forte ou não, mas é de todo coração que alerto pras minhas questões do mesmo, de coração.

16 beijos para cada.